sexta-feira, 15 de outubro de 2010


Obrigada todos que se tornaram nossos seguidores, - e por todas contribuições aqui postada.
Indistintamente cada acontecimento foi como música para meus ouvidos.
Agradeço pelas falas de cada um que dessa forma contribuiram para nos mostrar como é grande o desejo inebriante: de pensar, de refletir, de conhecer, de discutir, e de aprender.
Sendo assim vale a pena lembrar a frase:
Qual o povo que não está dependente de seus lábios?
Há a falta e a escassez sempre maiores, daqueles e daquelas que entendem e assumem a missão de ensinar para as novas gerações o respeito às diferenças.
É necessário quase um grito dramático! - não é exagero, mas uma penosa realidade. É coisa extinta no cenário brasileiro, aquelas pessoas, homens e mulheres que se dediquem a transmitir com sólidos argumentos: o respeito à dignidade da pessoa humana, o despertar do espírito de cidadania, - e com esse visão universal melhorada, constuir assim um mundo mais humano e acolhedor.
Indubitavelmente esse Blog, servirá como roteiro para que possamos discutir e apresentar os corriqueiros e graves problemas convivenciais pelos quais passam os portadores de necessidades especiais, também chamados deturpadamente de inválidos.
Cordial abraço e inefável gratidão aos amigos/seguidores/colaboradores do Vida Rampa. AA

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Como em uma partitura, o tempo é o seu maior maestro, ele rege o compasso necessário para de venhamos entender todas as notas expostas.
    Nessa nossa vida, precisamos observar bem esse maestro, participar-mos dela não como uma sonata que nos foi dedicada de forma graciosa.
    Mas, como elemento integrante de uma grande sinfonia, onde todos os instrumentos mixam seus sons e qualidades para executar o que há de mais belo... a harmonia entre as partes e o todo em perfeita simbiose, repercutindo de forma animada (com alma) em cada gesto e em cada estrofe desse nosso relacionamento.
    Meus aplausos aos seres instrumentos dessa vida melhor!

    ResponderExcluir